domingo, 15 de janeiro de 2006

Vendredi Soir, um filme de Claire Denis




Laure e Jean cruzam-se, amam-se e depois deixam-se. É assim em "Vendredi Soir". Claire Denis assina esta obra sublime e minimalista. Um poema musical e sensível, composto por sensações sonoras e visuais, onde a música de Dickon Hinchliffe, um membro dos Tindersticks, se apaixona pela fotografia admirável de Agnès Godard.
Laure está presa num engarrafamento absurdo de sexta-feira à tarde em Paris. Jean deambula por entre os carros parados. Subitamente, Laure é surpreendida no seu carro por este homem sedutor e charmoso. E eis que se inicia o jogo de sedução, das palavras sussurradas. Cada suspiro é uma declaração de amor. Claire Denis filma este desejo, que nasce sem palavras, no espaço íntimo e secreto do carro de Laure, ao ritmo do barulho exterior e do violão sublime de Dickon Hinchliffe. Tudo é subtil, delicado, límpido, evocando "In the Mood for Love" de Wong Kar-wai, mas ao contrário deste, nada é platónico e inatingível. Tudo se concretiza num certo fim de tarde em Paris.
Claire Denis será, provavelmente, o mais bem guardado segredo do cinema francês contemporâneo. Um filme a não perder...

Yorkie Girl*


France, 2002
De Claire Denis
Scénario : Claire Denis, Emmanuèle Bernheim d'après son roman
Avec Vincent Lindon, Valérie Lemercier, Hélène Fillière, Grégoire Colin
Photo : Agnès Godard
Musique : Dickon Hinchliffe
Durée : 1h30

Sem comentários:

Enviar um comentário