quinta-feira, 19 de julho de 2007

Up, up and away...

Eu até gostava que o pessoal que vai aos concertos que a malta não pode ir telefone naquelas músicas que mais gostamos. Ontem, irritou-me profundamente. Por não poder ter ido, pela loucura que se ouvia distorcida, por ainda estar tão longe de tudo, por ter sido de certeza um grande concerto tal o poder que aqueles putos de Sheffield põem em todas as músicas.


Fiquem com uma daquelas músicas para a vida. Daquelas que se põem no repeat e se cantam a altos berros no carro, se sabe a letra toda, os pequenos twists da guitarra ou os breaks da bateria. Fui chamado à atenção para ela há uns meses pela Miss K. no seu Life quando até ouvia o álbum vezes e vezes, mas passava muitas vezes para a frente na 9 porque simplesmente ainda não a tinha ouvido ouvido. Entretanto já viciei uns quantos. Reparem como a guitarra parece cantar também, ou a bateria nos embala para uma estúpida boa disposição. 2.55 min de bom demais.


Come back soon lads.

Sem comentários:

Enviar um comentário