quarta-feira, 21 de março de 2007

Del Toro's Masterpiece


"Cuentos de hadas... ya eres muy mayor para llenarte la cabeza con tanta zarandaja"


El Laberinto del Fauno

A realidade é por vezes esmagadoramente cruel e cabe a cada um de nós descobrir uma forma de lhe sobreviver. À quem fuja, se evada. À quem sonhe. À quem se debata de frente com ela. À quem desista. E à quem se envenene com ela.
Numa Espanha onde os desígnios de Franco eram soberanos, a imaginação pulsante de Ofélia nada mais podia que evadir-se sonhando, criando um mundo encantadoramente seu. Durante todo o filme cruzamos os dedos para que o mundo encantado da menina seja de facto a realidade.
Toda a dedicação de Guillermo del Toro pela menina dos seus olhos e o detalhe nas pequenas coisas transpira de cada frame. Os "montros" são geniais e o verdadeiro monstro Sergi López, não menos genial. Um mau como à muito não se via, daqueles que no fim do filme quem lhe dáva um tiro nos ***** era eu, e eu considero-me uma pessoa pacífica. Aconselho vivamente a verem este retrato histórico e fantástico de uma realidade vizinha. (E infelizmente actual sob outros cenários, outras cores, outras bandeiras.)

Ella

Sem comentários:

Enviar um comentário