terça-feira, 13 de agosto de 2013

Saudosismo do que nunca foi

Na foto Liam Neeson.


Apareces assim com ele ao colo. Com aquele teu ar calmo, tranquilo e um sorriso.
Também ele respira essa calma e olha-te como se te conhecesse.

Poderemos nós ter saudades daquilo que nunca foi? Dos instantes que nunca vivemos? Dos momentos que sonhámos viver?
Realidade que nunca será real. Imagens que vou construindo sobre a realidade e que guardo carinhosamente como pedaços de memórias perdidas no tempo. Na esperança que um dia de tão entrelaçadas se tornem reais. Na esperança que me esqueça que nunca as poderei viver.


Sem comentários:

Enviar um comentário