terça-feira, 20 de fevereiro de 2007

De battre mon coeur s'est arrêté


Talvez seja a brutalidade da realidade que nos obrigue a não abandonar a fragilidade dos sonhos e das paixões. E a persegui-los uma vez mais.




Já lá vai muito tempo desde que o vi, mas gostei mesmo muito muito deste filme. Um filme com tudo... tudo (inclusive uma pitadinha de gangsters). Uma história que nos confronta com nós próprios, com alguém que se procura entre a realidade e o sonho. Romain Duris é absolutamente genial (j'adore ce mec!) debaixo da pele desta personagem arrebatadora e a banda sonora assenta como uma luva. Se quiserem saber mais sobre a história "look at the trailer" em cima!

Ella

Sem comentários:

Enviar um comentário