sexta-feira, 20 de outubro de 2006

Paso Doble


Sabem, quando um menino gosta de uma menina, arranja de novo e com força a máquina de fazer os sonhos de projectar. É como cinema, afinal, de pôr os filmes mais lindos a correr da frente para trás e de trás para a frente, as vezes sem conta que o amor quiser.
À noite, sempre que se sonha a dois, há qualquer coisa de novo que recomeça. Depois, um dia, quando somos grandes, reparamos que sim, que isto foi realmente verdade. ...
Lá longe, o búzio que pousei com a minha mão, toca ainda música. É a melhor de todas que jamais ouvi, porque vem direita do céu.
Por causa disto, sou como tu feliz para sempre.

Recados do Tempo do Menino Jesus,
Pedro Strecht
Photo by Natacha Pisarenko.

Sem comentários:

Enviar um comentário