terça-feira, 1 de julho de 2008

Reflexões de expedição...



Reflexão de primeiro impacto:

Landi - É ali, no cimo daquele colado, do lado direito e do lado esquerdo.

Mystic's - (Engole em seco e pergunta de novo, caso se tenham equivocado ou na esperança de ter entendido mal...) - Ali?

Onde está Mystic's?

Reflexão do dia 3º dia de Expedição, às 12h debaixo de um calor abrasador (enquanto observávamos um alegre grupo que se juntou para uma 'barbacoa', numa agradável sombra no bosque):

Mystic's: - Porque é que não somos como as pessoas normais...? Dessas que vêm ao domingo fazer pick-nicks no bosque, com a família e os amigos? .... e penduram a rede, para disfrutarem de uma sesta ao sabor da brisa, ... e trazem a bicicleta para um passeio agradável ao final da tarde...

(Pausa, silêncio geral)

- Porque é que temos que ser aqueles que vêm buscar uns insectos em vias de extinção que apenas vivem numas plantas, também em vias de extinção e cujos únicos exemplares vivem, exclusivamente, numas paredes verticais no cimo de um desfiladeiro, paredes essas, cujo acesso exige horas de caminhada, alternando zonas semi desérticas com zonas de bosque cerrado, cheio de silvas e urtigas, com uma temperatura média superior a 35ºC... ?

Landi - Asi es mi niña, asi es!





Reflexão de último dia, já no cais à espera do catamaran e a observar os veleiros:

Mystic's - Gostava tanto de ter um veleiro...

Landi - Con todo lo que nos gusta, no tendriamos tiempo para el velero...

Mystic's - hummm, Tens razão, vamos que o 'nosso' barco é maior que estes!










Sem comentários:

Enviar um comentário