sábado, 23 de maio de 2015

We Are All Completely Beside Ourselves


de Karen Joy Fowler

by ella


"The happening and telling are very different things. This doesn’t mean that the story isn’t true, only that I honestly don’t know anymore if I really remember it or only remember how to tell it. Language does this to our memories, simplifies, solidifies, codifies, mummifies. An off-told story is like a photograph in a family album. Eventually it replaces the moment it was meant to capture."


Emprestaram-me este livro com uma grande recomendação e não desapontou em nada. Uma história original que nos deixa agarrados desde o início. Sobre a família. Sobre a memória e os seus mecanismos. Sobre a ausência. Sobre o que faz de nós humanos. A realidade pelos olhos de uma criança. As recordações que se guardam e o modo como as revisitamos em adultos. E muito mais... Da história nada vos direi senão perde-se o melhor pois é um livro para twist lovers que me fez ficar a pensar: desta não estavas à espera! Muito bom, daqueles livros que passado semanas ainda pensamos neles.


Se quiserem um teaser!

Sem comentários:

Enviar um comentário