segunda-feira, 12 de julho de 2010

Trabalho de Casa



Fiquei contente com a vitória da Espanha na final do Campeonato do Mundo. Fiquei contente, sobretudo porque é resultado de muito trabalho, que não se esgota nesta selecção, no Barça ou no futebol.

Alguns anos antes dos Jogos Olimpicos de Barcelona (1992) o Governo espanhol tentando assegurar bons resultados nesse jogos lançou um novo programa nacional de desenvolvimento desportivo, envolvendo o desporto escolar, centros de alto rendimento, políticas de detecção de talentos, etc. Felizmente (para os espanhois) essas medidas não foram quebradas depois desses jogos e não é por acaso que as crianças pioneiras nesses programas são agora campeãs/recordistas do Mundo/Olímpicas de Futebol, Basquetebol, Atletismo, Natação, etc...
Não há milagres, nem receitas mágicas, e muito menos a cópia de modelos de outros países resulta no nosso, mas continuo a acreditar que com um pouco de bom senso e coerência os resultados acabam por aparecer.

Não se pode é achar que a prioridade da politica desportiva é a cor das flores do estádio nacional ou que os apoios aos atletas só podem aparecer quando já estão no topo. Aí já não é preciso.....

Sem comentários:

Enviar um comentário