terça-feira, 30 de março de 2010

Eu e os Meus irmãos

O reporter de imagem Jorge Pelicano voltou a ganhar o prémio de melhor imagem na edição 2010 dos FIGRA pela Grande Reportagem "Eu e os Meus irmãos".
Esta reportagem vive ainda hoje na minha memória. Pelo poder das histórias e das imagens.
Estes meninos são orfãos da sida. E são para mim uma lição de vida. Penso que nunca me esquecerei da resposta do menino quando a Cândida Pinto lhe pergunta: o que é que vos faz falta?
- Nada, nada, nada... Está tudo bom.
A quem não viu aconselho vivamente a ver (1,2,3) e talvez isso mude a forma como encaram a vida e os contratempos dela.
Esta é a realidade de um mundo sem Deuses!



Lembro agora um velho conselho dado por uma sábia velha senhora: quando a vida nos corre mal devemos olhar para aqueles que estão piores que nós e agradecermos a vida que temos. Quando o ouvi tinha 16 anos e pensei: como é que alguém pode ficar feliz com a desgraça dos outros? Só mais tarde compreedi que o que me queria dizer era precisamente o oposto.

ella

Sem comentários:

Enviar um comentário